[RP Fechada/Debut]And then there's you...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP Fechada/Debut]And then there's you...

Mensagem por Noh Ji Son em Qua 10 Jan 2018 - 0:21

The selfish me, who always knew only myself
Bae Tae Yang & Noh Ji Son | Estúdio de Fotografias Kan Seul | Fechada/Debut
avatar
Noh Ji SonModelos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada/Debut]And then there's you...

Mensagem por Bae Tae Yang em Qua 10 Jan 2018 - 1:02


O silêncio tão relativo quanto o tempo, pois se neles há interesse, depressa se vão. Mas e quando desejamos afugentar sua monotonia? Parecem destacar-se.

Taeyang mudara de posição novamente, já perdera as contas de quantas vezes fizera isso nos últimos minutos. Sua respiração ecoava pela sala cuja única presença era a sua, o olhar vagando ansioso da porta para o equipamento já devidamente instalado no canto oposto. O fotógrafo moveu seu corpo em um impulso preguiçoso, levantando com o auxilio das palmas sobre as próprias coxas, para então adotar sua habitual postura. Enquanto vencia a distância até a mesinha improvisada próxima ao espelho, recordou de uma garota atrapalhada que adentrara aquele local minutos antes, identificando-se como funcionária da KS e oferecendo auxilio na empreitada que ali decorreria.


Novamente o tempo lhe pregava uma infeliz peça.


Passou a questionar suas decisões de fronte ao espelho, agora com a palma destra aquecida pelo liquido quente abrigado no copo descartável. Cogitou desistência antes de ter os pensamentos interrompidos pelo mesmo timbre feminino que outrora lhe fizera promessa de companhia. - O modelo já está aqui. - Anunciou sem desgrudar da maçaneta, certamente aguardava compreendimento do rapaz para que pudesse novamente deixa-lo só, algo que ocorreu com um menear breve de cabeça.


De certa forma a espera o deixara sutilmente estressado, o que fez de seu semblante algo mais austero, ignorando toda a euforia inicial. Já não estava mais diante do espelho e sim detrás da lente do equipamento que lhe pertencia, curvava a espinha podendo assim nivelar sua íris esquerda com o pequeno espaçamento destinado a isso, conferia o ponto onde o modelo designado deveria se posicionar futuramente. Recuou alguns passos, oprimindo o praguejar contra aqueles que deveriam estar lhe ajudando para concentrar-se no tecido branco que faria fundo ao ensaio
MOONLIGHT
there might be a million roses in the world, but you're only, because you're my rose
avatar
Bae Tae YangTrainee

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada/Debut]And then there's you...

Mensagem por Noh Ji Son em Qua 10 Jan 2018 - 1:49

I’m in flashback

Tudo na vida de Jison, aparentemente, adorava confusão.

Mas, deixe-me explicar de um modo que você possa compreender, estimado leitor. Quando tomou a decisão de que usaria a sua imagem para ganhar dinheiro e ajudar, mesmo que pouco, nas despejas de casa e não depender exclusivamente do seu irmão mais velho, eles brigaram. Hongseok nunca concordou com essa escolha, as brigas constantes surgiam aí.

Quando, há 3 anos, viu o seu melhor amigo com alguém qualquer, perdeu a paciência – virtude que estava longe de ser seu forte – e, com ele, discutiu também. Infelizmente, a história não se baseava apenas no que ele viu, mas no que sentiu naquele momento, no que disse a Taeyang e o que ouviu. Foi uma situação que o fizera crescer, de certa forma, mas que não afastou o que ele poderia estar sentindo pelo rapaz.

Então, passado um pouco tempo, participou de uma seletiva para a Kan Seul Entertainment. Ele sabia que essa empresa era conceituada e que o ajudaria de alguma forma, por isso tentou. Ainda não havia descoberto o porquê, mas foi aceito na primeira tentativa. Felizmente, ele se orgulhava de sua aparência e sabia que sua boa aparência havia aberto portas.

Depois de receber o aviso da escolha para estrear um photoshoot promocional para a empresa, ficou eufórico. Com um mês de antecedência, havia largado as besterias que comia e passou a cuidar ainda melhor de sua alimentação e dos treinos físicos, isso foi de grande utilidade para manter seu corpo belo, de acordo com os produtores.

Infelizmente, Jison adormeceu enquanto maquiavam-no para as primeiras fotos. Acordou assustado ao ser chamado pelo agente que lhe explicou o que deveria ser feito muito pacientemente e como eles pediam as fotos. Com a cabeça acenando em concordância, permitiu-se agradecer pelo trabalho das mulheres, aceitar o chá gelado vindo de Caleb e caminhar até o estúdio.

Sorridente, faltava saltitar pelos corredores no pequeno trajeto que traçava. Junto à maquiagem, sua roupa já estava posta: um conjunto jeans, com jaqueta e calça em tons claros e uma camisa branca, além do cabelo com aspecto molhado. - Boa tarde! Perdoe-me pelo atraso, por favor. - Cumprimentou o fotógrafo que parecia entretido com sua câmera. - Meu nome é Jison e espero que tenhamos uma boa... - Suas palavras permaneceram pendidas no ar.

Durante sua fala, abaixou-se em uma reverência como pedido de desculpas e saudação, não percebeu de quem era a fisionomia que tanto lhe fizera falta e companhia durante todos aqueles anos. Depois de perder as palavras, perdeu suas emoções. Restou-lhe apenas surpresa.

De fato, estava chocado. Reconheceu quase que imediatamente o melhor amigo de, pelo menos, 50 vidas. Estacou ali, com o copo a meio caminho dos lábios. Olhos arregalados tal como estava sua boca, entreaberta pelo choque. - Hyung... - Permitiu-se dizer, baixo, piscando os olhos incrédulos.

avatar
Noh Ji SonModelos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada/Debut]And then there's you...

Mensagem por Bae Tae Yang em Qua 10 Jan 2018 - 15:08


Os sentimentos são traiçoeiros, capazes de submeter a razão e sensatez, mostrando a nós como estamos a merce de acontecimentos. Frustrante a forma como foi colocado a prova disso, sem quaisquer avisos prévio de que passaria por essa provação.

Estivera ali prostrado por longos minutos, dos lábios entre abertos expulsavam o ar em doses homeopáticas. -  - Boa tarde! Perdoe-me pelo atraso, por favor. - O timbre masculino soava próximo, tragando a atenção imediata de Taeyang, este que por sua vez girou o crânio e percorreu analiticamente a sala até pousar o olhar na figura masculina mais adiante. - - Meu nome é Jison e espero que tenhamos uma boa... -  O desenho do maxilar evidenciava tensão, sua mandíbula sendo  pressionada com excessiva força em reação a surpresa que lhe acometeu naquele instantes. Como nas mais belas histórias, sua mente foi inundada por flashs  simultâneos onde aqueles mesmos traços joviais estavam presentes.

Os sorrisos de Jison. As risadas. Noites em claro.
Então o desolamento de vê-lo se afastando e a ausência após isso.

Um silêncio com tensão palpável perdurou por alguns instantes, tão relativo o tempo era que lhe pareceram horas aqueles breves segundos. Perpassou a lingua por entre os lábios no intuito de umedece-los já que toda sua boca havia secado subtamente, toda a surpresa gradativamente dando lugar a sentimentos volúveis. - Eu... - Ainda que tantas palavras desejasse dizer, nenhuma delas pareciam desejar serem proferidas naquele instante e em um movimento incitado puramente pela impulsividade o castanho deslocou-se até o modelo, diante deste envolveu o corpo magro trazendo-o para si em um abraço caloroso, o nariz e lábios fazendo pressão junto a epiderme do pescoço alheio. O odor exalado pelo rapaz ainda era o mesmo, mesclado com um perfume de autoria desconhecida por Taeyang. Mas tão rápido quanto envolveu seu amigo, afastou-se em um recuo desajeitado, buscando por oxigênio em uma tragada longa que lhe estufou o peito brevemente. - Desculpe. - Murmurou curvando a parte superior de sua fisionomia sutilmente, assim como fez com a cabeça. Só então sentiu que o tecido da própria camisa grudara-lhe no tronco, havia derrubado o copo de Jison sobre si. - Ah, que besteira eu fiz! - Praguejou tateando a peça de roupa com certo remorso.
MOONLIGHT
there might be a million roses in the world, but you're only, because you're my rose


You know what you gotta do when life gets you down?
avatar
Bae Tae YangTrainee

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada/Debut]And then there's you...

Mensagem por Noh Ji Son em Qua 10 Jan 2018 - 16:12

I’m in flashback


Estava tudo tão complexo e confuso por si só, que Jison não precisava piorar mais a situação. De fato, ele queria gritar, bater e, no fundo, entender porque Taeyang e ele tinham se separado de forma tão... Imatura.

A falta que o mais velho lhe fazia era tão grande que associou isso ao choque que levou, ao susto. Ele não sabia o que sentir, nem mesmo seu cérebro – ou seu coração, quem sabe? – poderiam tomar a decisão por conta própria. Era um misto. Uma mescla. Dor, saudade, alegria, tristeza, satisfação... Tudo, tão junto e separado, tão antônimos que formava Jison naquele momento.

Foi somente com o abraço que percebeu que daquela vez as alturas não diferiam tanto quanto costumava ser. Nem mesmo reparou que, mesmo mais baixo, ainda assim era pouca diferença. Seus braços apenas envolveram o corpo do mais velho e o apertou, firmemente contra si. Foi nesse momento que os olhos de Jison encheram-se de água e ele lembrou-se de basicamente tudo que eles haviam passado juntos.

Desde a infância, com a primeira divisão dos carrinhos, à adolescência, onde via em Taeyang um protetor que não via no irmão mais velho, ao início da juventudo, percebendo que queria ser protegido por ele por outros motivos além dos sentimentos que deveria manter, por um amor que sabia não ser retribuído à dor que sentiu com a rejeição indireta. Era tudo tão difícil.

Mesmo ali, sentiu a saudade que era maior que tudo. Dos jogos, da diversão, dos parques e cinema. De quando nas brincadeiras infantis agiam como se fossem realmente trabalhadores, como seus pais. Como os ídolos, 4TW por exemplo. Em meio ao abraço suspirou. Só não sentia o frescor do chá devido ao calor do amigo.

Porém a realidade voltou a si ao ter o tecido longe e o peito gelado. Seus olhos marejados permaneciam vermelhos e seu olhar estava fixo no rapaz, que pedia desculpas. - Achei que amigos não precisavam de formalidade. - Sussurrou baixo, com medo de a relação deles terem mudado. Foi quando percebeu que, igualmente, ele estava molhado.

Foi então que riu. Mesmo desconcertado por rir em circunstâncias como aquelas, não conseguiu evitar e riu. Sua risada, na verdade só serviam para mascarar o que ele estava sentido, as coisas que queria falar, as perguntas que queria fazer, o acerto de contas, afinal. - Você não precisa se desculpar. Eles queriam alguma pele de qualquer forma. - Franziu o cenho e apontou. - Andou malhando, hyung? - Questionou.

Finalmente, deu-se conta que sua camisa estava molhada também. Já havia percebido, mas após a piadinha é que finalmente ligou-se que estava igualmente assim. - Hyung eu vou precisar trocar não é? Basicamente, é você quem manda nesse ensaio. - Deu de ombros, retirando a jaqueta. - Ainda bem que nem ela, nem a calça molharam muito. - Sorriu. Após isso, encaminhou-se até ele e o abraçou mais uma vez. - Eu senti saudades de você, seu idiota. - Afastou-se de novo, sentando em um pufe.  - O que a gente faz, chefe? - Perguntou com deboche, sorrindo divertido em seguida.
avatar
Noh Ji SonModelos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada/Debut]And then there's you...

Mensagem por Bae Tae Yang em Seg 15 Jan 2018 - 3:32


- Achei que amigos não precisavam de formalidade. - Nem mesmo o vento que adentrara a fresta da unica janela aberta, fora capaz de trazer consigo a clareza dos sussurros. Taeyang manteve a coluna curvada em direção aos sapatos por um breve momento, sua mente deduzia tentando preencher as lacunas que não alcançaram seus ouvidos. Desse torpor foi trazido de volta pela risada sonora do amigo, havia se esquecido de como ela soava e a capacidade de apaziguar um coração prestes a romper tamanha a velocidade que batia.

A postura já lhe permitia vislumbrar os traços do modelo, guiando as palmas pelas vestes e tateando o tecido molhado em evidente desagrado. Procurou pela ironia nas palavras do amigo, soprando uma breve risada ao comparar mentalmente a imagem que possuía antes do sumiço de Jison, certamente algumas mudanças físicas haviam ocorrido. -  Hyung eu vou precisar trocar não é? Basicamente, é você quem manda nesse ensaio. - Os lábios crisparam com o desafio imposto a si. Em um ato involuntário, suas orbes buscaram por mais alguma presença na sala, certamente que falhou.

Antes que fosse capaz de qualquer reação, o calor alheio se fez contra si, sendo recebido de bom grado ainda que o momento perdurasse poucos segundos, foi o suficiente para que as narinas de Taeyang absorvessem uma vez mais aquele odor tão característico provindo de seu mais estimado amigo.

Como havia sentido falta disso.

O jovem fotógrafo se posicionara defronte o outro, tendo a diferença de estaturas ainda mais evidente. Por alguns minutos apenas ostentou o silêncio, decerto sua mente lhe pregava peças ao se negar em aceitar a presença do amigo. Tanto havia ocorrido desde que ele se fora, além da maneira grosseira com que fizera isso. Tais pensamentos coléricos modificaram seu semblante subitamente. - Pode despir sua camisa, dongsaeng? - Questionou pausadamente, estava se esforçando para não transparecer a raiva que havia subjugado todos os seus outros sentimentos. - Fique apenas com a jaqueta e calça. - A destra gesticulou indicando que ele deveria despir os sapatos também, antes que findasse as palavras já havia voltado seu corpo para a direção oposta, locomovendo-se pela sala cujo eco era ampliado variavelmente.
MOONLIGHT
there might be a million roses in the world, but you're only, because you're my rose


You know what you gotta do when life gets you down?
avatar
Bae Tae YangTrainee

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada/Debut]And then there's you...

Mensagem por Noh Ji Son em Seg 15 Jan 2018 - 23:54

I’m in flashback


Os anos passados não levaram consigo a capacidade de (re)conhecimento que Jison possuía ao visualizar seu hyung.  É claro que poderia sentir algumas coisas ocultas, mas era o mistério que ele gostava.

Bae Tae Yang era seu mistério favorito.

Pensando assim e com seu olhar fixo ao maior, um sorriso de canto tomou seus lábios quase irracionalmente. Era uma forma que seu próprio corpo aprendera a se expressar sem a necessidade de palavras, era uma linguagem imagética própria de Jison e isso fazia de seus sentimentos completos em relação a si mesmo.

O narcisismo era muito presente ali. A partir do momento em que decidira ser modelo, percebeu que gostava muito de sua aparência e de seu corpo. Infelizmente, usava de charminho para receber elogios sobre si e gostava disso. Foi nesse momento que precisou a vontade de ser ele mesmo, não algo para agradar alguém.

É claro que tudo isso mudava quando se tratava do fotógrafo em sua frente, este parecia estressado. “É claro que a culpa é sua, Jison.” Pensou. Até mesmo sua mente lhe traía em momentos como aqueles. Foi então que ouviu seu pedido e olhou para baixo. Antes de cumprir com o requisito, sorriu. - Sem nem um drink ou um beijinho antes, hyung? - Zombou, mesmo percebendo que algo estava errado.

Por um momento, pensou em questionar sua ação, mas não estragaria o momento de ter seu hyung consigo mais uma vez por bobeira. Com um sorriso fraco e talvez arrependido, levantou-se e retirou o tecido machado de seu corpo e deslizou a mão sobre o abdômen, tendo o rosto distorcido em uma careta ao sentir os vestígios do chá. O cheiro de seu perfume quase o abandonou por completo e foi substituído pela bebida.

- Porcaria. - Praguejou, chutando o copo em direção ao lixeiro e o vendo cair afastado da lata. Revirou os olhos, já de costas para Taeyang e vestiu a jaqueta. “naega jeil joahaneun geon yeoreum geu mat / naega jeil joahaneun geon yeoreume neo*” O modelo pareceu ter decidido que aquele era o momento para cantarolar uma música de suas colegas de empresa, Red Flavor.

Enquanto as palavras deixavam seus lábios, abaixou-se e retirou os sapatos pretos e os deixou ao lado do pufe. Esperava que o significado dos versos pudesse alcançar o mais velho. - Estou pronto.

Caminhou ainda sem ordens para o espaço em braço, no meio do estúdio e ficou de frente para a câmera. Levou seus braços para trás da cabeça e encarou-o com um sorrisinho. - Assim está bom? - Questionou e retirou o sorriso do rosto. Parecia sério ao inclinar levemente a cabeça para frente e tentar manter uma atitude despojada. Esperou apenas o aval do companheiro e o clique da câmera.

Pose inicial.
* O meu favorito é o sabor do verão / Você é o meu favorito no verão
avatar
Noh Ji SonModelos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada/Debut]And then there's you...

Mensagem por Bae Tae Yang em Dom 18 Fev 2018 - 15:30


O mundo apresenta variáveis em todos os seus aspectos, alguns não são segredos nem mesmo para olhares desatentos. Porém, existem versões vistas somente por detrás de uma lente, pela captura perfeita de uma reação produzida unicamente naquele instante e que jamais será contemplada novamente, a paixão impressa naquele momento único. Era isso que guiava o jovem fotógrafo, afortunado por tamanha satisfação pessoal.

Tragado para os próprios pensamentos, nem sequer notou que fitava Jison avidamente. Como tempo o havia moldado de forma tão bela, algo para ser admirado.

Taeyang curvou sua espinha dorsal de forma a tencionar o abdômen por conseqüência, notando que estava sutilmente dolorido na região. Ignorou este incomodo para que pudesse envolver o maquinário que lhe servia naquele momento, passou a ocultar sua Iris esquerda, intensificando o sentido na direita e podendo assim ter uma nova visão por detrás daquela lente.

Inspirar. Expirar. Capturar.

O estalido baixo e discreto dera inicio a uma sequência que não ignorou nem mesmo a mudança repentina dos fios escuros de seu modelo, devido uma corrente de ar que alcançou o garoto. Findou ao recompor sua postura, contornando o pedestal e  se movendo até que estivesse perante a criatura detentora de tanto afeto. – Vamos fazer assim... – Proferiu com certa cautela, as mãos passaram a se mover até que os dígitos alcançassem do jeans da jaqueta alheia, envolveu seu cotovelo e o elevou até que a mão dele estivesse próximo a orelha. Ponderou com um olhar analítico e prolongado, os fios negros do modelo sendo moldados defronte a sua face. Já havia recuado um passo e findado o toque antes de expor um suspiro e estender o próprio braço para que destra percorresse vagarosamente o maxilar masculino, detendo o toque no queixo e erguendo esse para que a cabeça dele pendesse para trás. – Você está lindo. – Sibilou.

Novamente seu olhar reproduzido pela lente da fiel câmera. Registrando a paixão que por tanto tempo alimentara em segredo.

MOONLIGHT
there might be a million roses in the world, but you're only, because you're my rose


You know what you gotta do when life gets you down?
avatar
Bae Tae YangTrainee

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada/Debut]And then there's you...

Mensagem por Noh Ji Son em Seg 19 Fev 2018 - 14:26

I’m in flashback

A decisão de tornar-se modelo veio junto com os pensamentos simbólicos de: “você está pronto para ser mais calmo?”, “você está pronto para lidar com as críticas?”, “você está pronto para sorrir, mesmo que esteja triste?”. E toda noite, ao olhar-se no espelho, ele tinha certeza: Não estava nem um pouco pronto para assumir uma personalidade que não era dele. Assumir uma pessoa que não era ele. Jison sabia em seu íntimo que até mesmo se submeter às palavras duras que encontraria na internet não seria fácil e o que ele não tinha conhecimento era se suportaria ou só abandonaria a carreira, como muitos antes dele haviam feito.

Jison gostaria de ser um mutante, como os dos filmes. Ele adoraria prever o futuro, isso faria dele uma pessoa sortuda. Ele preveria se sua carreira daria certo e procuraria maneiras de fazê-la funcionar. Ele preveria os comentários antes mesmos deles serem postados, talvez isso mudasse sua postura frente ao mundo, frente às câmeras. Ali, sendo uma marionete da Kan Seul, ele decidiu que se precaveria de não perder Taeyang da primeira vez. Você, caro leitor, pode imaginar que ele toca de mais no assunto melhor amigo, mas imagine que você cresce com uma pessoa e sem mais nem menos, você se zanga e então separam-se, qual seria sua reação? Para o modelo, a inexperiência da adolescência retirou dele uma das poucas coisas que lhe importava: o mais velho.

Desculpe-me soar repetitivo, mas é preciso dizer. Os pensamentos rodavam a cabeça do jovem conforme era tocado pelo Bae. Ele sabia que Taeyang procurava o melhor ângulo de si e isso era o suficiente para fazê-lo pensar que deveria colaborar consigo, mas agiu automaticamente, deixando-se ser guiado. Apenas levantou o braço destro, com a mão na nuca e permitiu-se relaxar, não queria parecer um pedaço de madeira em sua primeira sessão. O toque da mão com o queixo nu deixou um arrepio percorrendo cada centímetro do seu corpo sem sequer poder ser impedido, não que quisesse, afinal os mínimos toques do fotógrafo lhe deixavam assim, parecia bobeira, mas acontecia daquela forma.

O rosto recém erguido mirou a lente por cima, numa pose que Jison permitiu achar um tanto soberana demais. Enrubesceu sem um mínimo aviso. - Eu... - Pensou apenas em soltar uma frase narcisista, mas o momento não pedia aquilo. - Obrigado. - De certo queria dizer mais, expressar-se com mais palavras que um mísero agradecimento, mas a pose para a foto exigia uma parada e talvez Taeyang quisesse ficar longe de si devido à qualquer mágoa remanescente, devesse então manter-se no fantoche criado pela empresa e ser fotografado. Com a face virada para cima, os olhos mantidos fieis à câmera, entre abriu os lábios deixando os dentes brancos levemente à vista por entre eles. Os cabelos tapavam parcamente sua visão, mas não trazia incômodo algum.

Através da lente queria conectar-se com o operador, trazê-lo à sua realidade. Por um mísero momento, quis somente arrastar Taeyang para a imensidão de confusão que ele era, porém, a decisão cabia estritamente ao citado de acompanhá-lo. Após o término das capturas, questionou, apontando para o banco do cenário. - Posso sentar? Tive uma ideia para uma foto. - Perguntou apenas por educação e logo trouxe o objeto para o centro do cenário. Sentou-se e apoiou o braço na coxa, já elevada pelo apoio dos pés do assento. De perfil, levou à mão esquerda já içada pela perna aos lábios deixando que o indicador fosse de encontro aos seus lábios num pseudo-beijo. Sobrepôs o indicador sobre o polegar, deixando que os outros três dedos pendessem livres. - Estou pronto. - Disse antes de fechar os olhos, deixando os fios cobrirem seu rosto desleixadamente e mantendo a pose escolhida. Esperou pelos cliques do amigo.

Pose descrita
avatar
Noh Ji SonModelos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada/Debut]And then there's you...

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum